Tá faltando amor

24 junho 2014



Quando me perguntam sobre o que eu acho da situação atual do mundo, respondo com certeza e sem titubear: tá faltando amor. E quando digo isso, não estou querendo pagar de romântica incurável, é real. É sério. É drástico e triste. Tá faltando amor no mundo. Tá faltando sensibilidade no cara que tem coragem de botar fogo em um ônibus sabendo que tem uma criança dentro dele. Tá faltando um coração batendo de verdade em grupos de amigos que, por diversão, atacam e agridem pessoas que não tem onde morar. Só porque estão dormindo nas ruas, sem incomodar ninguém, merecem apanhar, levar facadas e serem queimados vivos. Tá faltando amor nessas pessoas que não notam gente assim também. O ser humano está tão acostumado com a promiscuidade, violência e egoísmo que nem se dá ao trabalho de se importar mais. Todo mundo veste um escudo cheio de não-me-toque-nem-me-olhe-muito-menos-fale-comigo, sorri amarelo e finge que está tudo bem enquanto essa falta destrói o resto.

Você abre o jornal e a manchete do dia é sobre um cara que matou a ex por ciúmes. É uma mãe que jogou o recém-nascido no lixo e está sendo indiciada. Tem filho matando pai por hobby. Tem gente se matando por não aguentar viver num mundo tão fantasmagórico assim. É policial abaixando a cabeça pra bandido por não ter forças para lutar sozinho. A corrupção deixou de existir só na política e está corrompendo o que restou de bom. A falta de consideração pelo próximo está desgastando o amor que nos ensinaram a ter por nossos semelhantes. Tá virando um caos, tá ficando sem controle. Aí você vem e me diz que não faz, nem nunca fez nada disso. Nunca matou ninguém, nem abusou e muito menos roubou.

Tá. Mas e no dia-a-dia quando você passa correndo pelo porteiro e nem dá bom dia? E quando paga de bonzão pros seus amigos humilhando algum garçom que está apenas fazendo seu dever? A falta de amor não está só nas manchetes da vida. Está no bom dia que você não fala, na grosseria que você não esconde e no mau humor que você deixa tomar conta do seu dia. Está na sua incapacidade de ser gentil com quem não tem nada a ver com seus problemas e na sua indiferença que sai por aí ceifando os sentimentos alheios. A falta de amor está acabando com o mundo. Consequentemente comigo. E com você.



* Texto publicado no blog da Isabela Freitas no dia 24/06/2014.

3 comentários:

  1. Parabéns belo texto pra refletir, isso que ta faltando AMOR.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Todo mundo deveria ler.

    ResponderExcluir

Raiane Ribeiro: Tá faltando amor © 2011 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Desenvolvido por: Pamella Paschoal