As verdades que ninguém conta

01 julho 2013

Há quem diga que amor de verdade a gente só tem uma vez na vida. Queria eu que fosse verdade. Ah, seria ótimo. Encontraríamos aquela pessoa que muda a temperatura do nosso corpo em questão de segundos, que com uma palavra conforta uma vida inteira de lamentações e saberíamos que se ela partisse, acabou. Seria bom ter plena convicção de que nunca mais sentiríamos a enorme dor do adeus, mesmo que o disséssemos milhares de vezes. Nossa alma gêmea partiu, e nenhum outro envolvimento é digno de dor. Não teríamos medo de confiar, nem mediríamos as entregas. Seria perfeito!

A questão é que nossos amores são sempre passageiros. Vez ou outra tentam dirigir nossas vidas e nos levam à loucura. Nos dão uma rasteira daquelas e, de repente, estamos de joelhos e sem reação. O que não nos contaram sobre eles, é que sempre vai haver um outro amor. Diferente, melhor. São únicos em sua essência, mas a variedade é enorme. E todas as vezes em que um partir seu coração, você saberá que um próximo o aguarda.



Metades da laranja não existem. Tampa da panela? Que nada! Somos um mundo repleto de frigideiras que, de vez em quando, se mostram capazes de viver em harmonia. Trocadilhos à parte, somos sozinhos. Mas sempre encontramos em alguém uma vontade de cuidar, estar perto, de ter. Entende o que quero dizer? Os contos de fadas criaram em nossa cabeça uma visão de um amor que não existe. Estamos constantemente trocando de amores e modificando o sentimento. Um dia encontraremos aquela pessoa que nos faça não querer ser de mais ninguém. E aí termina a busca. Isso não significa que ela é insubstituível, mas que a vontade de ficar junto é maior.

Eu gostaria muito de amar apenas uma vez na vida para nunca mais sofrer por amor de novo. E sabe o que eu vejo? Que isso é impossível e faz parte da graça que há em viver. Não te contaram ainda, mas você vai se apaixonar sempre. Pela mesma pessoa ou por várias outras. E ela vai te decepcionar, acredita? Vai sim. E quando você pensar que não nasceu para isso e que o amor não faz o mínimo sentido, vai se flagrar amando. De novo.

4 comentários:

  1. Sem palavras, simplesmente perfeito e muito verdadeiro! :) Parabéns lindo texto.
    Rafaela Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rafa! Fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  2. Que Deus continue abençoando você e dando esta sabedoria!

    ResponderExcluir
  3. Texto mais lindo da vida!! parabéns raiane, muito sucesso, você merece!!
    tinha-que-acontecer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Raiane Ribeiro: As verdades que ninguém conta © 2011 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Desenvolvido por: Pamella Paschoal