Riscos

28 abril 2013

Você bateu a porta me deixando sozinha, mas não posso reclamar já que ameacei fazer isso por tantas vezes, a diferença é que eu pensei em você, em mim e na gente. As minhas tentativas frustradas de ir embora foram bombardeadas pelo seu olhar triste e pela sua carinha de medo de ficar só. Uma música inacabada, uma melodia solta no ar, dois corações quebrados e um medo inexplicável. Muitas coisas passaram a não fazer sentido mais. Me pegava no clichê de pensar em você a todo momento. Carreguei a culpa de ter cometido os erros que te fizeram partir.


Após dias de angústia e solidão você voltou. Voltou com chateações e tristezas estampadas na cara, eu sentia cada respiração aflita sua como uma pontada de culpa no meu coração. As coisas já não são mais iguais, já não fluem naturalmente. O seu medo de se machucar entra em conflito com o meu de errar novamente, seu tempo de cura me deixa sem saber como agir e acabo não agindo.

Cada “bom dia”, “boa noite”, “saudades” ditos são cautelosamente pensados e pensados. Todo ato se torna arriscado, um momento de descuido e tudo pode voltar a ser passado. Vivendo em alta adrenalina 24 horas por dia. Mas a felicidade que você me proporciona, o bem que você me faz, o quanto seu sorriso ilumina meu dia, faz tudo valer a pena. E cada risco vira uma brincadeira nada divertida do tipo “faça o seu melhor”, e meus dias vão sendo assim.




Texto escrito pela nova colaboradora do blog, Letícia Pinho, uma publicitária em formação que se encontrou de corpo e alma nas palavras. Uma intensa desastrada que transforma tudo que vive e sente em frases desconexas que um dia amanhecem fazendo sentido. Tem pensamentos que pedem por liberdade e é movida por sentimentos. Uma eterna apaixonada pelo som, sentido e forma das palavras. Vocês encontram a Letícia no Twitter (segue lá).


*Gosta de escrever? Mande um e-mail para raianeribeirocontato@gmail.com com seu texto/blog, seu texto pode ser publicado aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Raiane Ribeiro: Riscos © 2011 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Desenvolvido por: Pamella Paschoal